12/02/2019

5 erros comuns na hora de montar e utilizar andaimes

Trabalhos em altura requerem dispositivos especiais que deem mobilidade ao trabalhador, sem comprometer a segurança, e propiciem bons índices de produtividade no serviço. Um dos dispositivos que podem auxiliar nesse tipo de trabalho são os andaimes.

Encontrado nas versões plataforma, fachadeiro, tubular, multidirecional e suspenso, os andaimes conseguem suportar, com segurança, os esforços a que serão submetidos (conforme recomendação do fabricante). Porém, alguns cuidados devem ser tomados na hora da montagem e utilização do equipamento.

O projeto e a instalação do andaime devem ser acompanhados por profissional habilitado, seguindo as orientações da NR-18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção e da NBR 6.494 – Segurança nos Andaimes, que trazem informações sobre o uso, dimensionamento e montagem do equipamento.

 

NESSE POST DESTACAREMOS OS PRINCIPAIS ERROS DE INSTALAÇÃO E UTILIZAÇÃO DE ANDAIMES

 

1 – Fixação do equipamento: É obrigatório apoiar / ancorar ou estaiar. Quando o andaime ultrapassar a altura de 4* menor dimensão da base, deve-se obrigatoriamente estaiar. No caso de andaimes móveis, o conjunto de rodízios deve ser capaz de suportar pelo menos uma vez e meia o peso médio da estrutura com sobrecargas. Além disso, os rodízios não podem ter um diâmetro menor que 5″ e devem ser providos de trava.

2 – Não dimensionamento das cargas de trabalho: Os andaimes devem indicar as cargas máximas de trabalho. É importante estar atento para a distribuição de modo uniforme dessa carga sob a plataforma, sem obstruir a circulação de pessoas.

3 – Descolamento de andaime com trabalhadores: É proibido o deslocamento de andaime quando houver trabalhadores sobre o mesmo. Todos devem estar seguros para a movimentação do equipamento, uma vez que a permanência de trabalhadores em cima do andaime pode provocar acidentes.

4 – Utilização de outros equipamentos sobre a plataforma: É proibido utilizar escadas ou outros elementos que permitam acessar pontos mais altos da obra em cima do andaime. Se necessário, é indicado aumentar a altura do andaime ou estudar a viabilidade de utilização de outro equipamento de trabalho em altura.

5 – Piso do equipamento sem proteção: O piso do andaime deve ter forração completa e antiderrapante, ser nivelado e fixado de modo seguro e resistente. Deve possuir também, em todas as faces de trabalho, guarda-corpos a 0,7m e 1,2m do piso, e rodapés com 0,2m de altura.

A improvisação e a falta de cuidado na utilização do equipamento é a principal causa de acidentes. Por isso, consulte um profissional habilitado na hora de comprar ou alugar e montar o seu andaime.

Aproveite pra ir na nossa página do LinkedIn, clicar em SEGUIR e ficar por dentro de todos os conteúdos novos!

https://www.linkedin.com/company/monteeuse/    

Obrigado pela sua atenção. Um abraço!

 

47 3438 8852 | otavio@monteeuse.com.br | www.monteeuse.com.br

Texto adaptado do site do Grupo Orguel.