16/09/2018

INVESTIGAÇÃO de acidente de trabalho – entenda a importância

No dia a dia é fácil deixar passar alguns acidentes de trabalho “leves”; o chef quase cortou o dedo utilizando uma faca cega; o atendente está com dor nas costas devido a sua posição de trabalho e por aí vai. É para evitar casos mais sérios que se faz importante realizar uma investigação dos incidentes de trabalho.

Os exemplos acima podem não ser palpáveis para uma boa parte das pessoas, contudo, eles ressaltam a importância de reportar os incidentes de trabalho, sejam estes quais for.

Essa atitude estimula a proatividade no ambiente de labor, incluindo também as organizações internas de segurança do trabalho, fazendo-as procurarem soluções para as problemáticas. Ademais, é somente com essa informação que pode haver uma investigação aprofundada a respeito desses incidentes.

REPORTAR OS RISCOS DE ACIDENTE: POR QUE É IMPORTANTE?

Informação é uma poderosa ferramenta em qualquer setor dentro de uma empresa. É ela que guia as decisões administrativas e certamente também tem bastante impacto nas decisões da equipe que cuida da segurança do trabalho, afinal, não há como tomar atitudes para corrigir problemas que – em teoria – não existem.

A fim de estimular essa cultura, algumas características devem ser atendidas:

  1. Sistema não punitivo e anônimo: claramente, caso um colaborador tenha alguma problemática ele se sentirá reprimido a reportar caso alguma forma de retaliação seja certa;
  2. Incentivo à cultura de segurança no trabalho: esse incentivo pode ser feito de diversas formas, uma delas é a realização do diálogo em segurança do trabalho;
  3. Empregar melhorias na rotina dos funcionários: ver mudanças que realmente resolvam os riscos de acidente no ambiente de trabalho é certamente um grande incentivador a continuar reportando esses incidentes.

Esta última é certamente uma peça chave na construção de uma cultura de segurança do trabalho em uma empresa, contudo, não pode ser realizada sem haver uma investigação a fundo das causas dos riscos que o funcionário corre.

Nesse sentido, nos aprofundaremos agora na própria investigação de incidentes, em seus aspectos mais técnicos e também sobre a sua importância para a empresa e seus colaboradores.

A IMPORTÂNCIA DA INVESTIGAÇÃO DE INCIDENTES DE TRABALHO

A segurança de trabalho não pode ser necessariamente prevista – salvo por ocupações devidamente regulamentadas até os seus pormenores – uma vez que cada empresa adota uma rotina, nesse sentido, podemos estabelecer que a segurança é como um ritual bem de aprendizagem, no qual todos os participantes devem estar ensaiados.

A investigação de incidentes tem alguns objetivos que devem ser cumpridos, mas primeiro, é necessário haver uma padronização na forma que ela é realizada, afinal, diferentes pessoas devem chegar à mesma conclusão ao avaliar o mesmo risco, caso contrário, algumas situações que deveriam ser notadas podem facilmente passar despercebidas.

Seguem os objetivos dessa averiguação das ameaças encontradas no ambiente de trabalho:

  • Determinar todos os fatores ligados à existência daquele do risco objeto da investigação;
  • Quais são as causas básicas desses fatores, estejam ligadas ao protocolo de trabalho ou às atitudes do trabalhador;
  • Colocar a prova os mecanismos de controle de risco já existentes, verificando a sua real efetividade com base nos relatórios;
  • Levantar todas as ações preventivas que podem ser instauradas a fim de diminuir ou eliminar completamente os riscos sendo analisados;
  • Informar os resultados na forma de relatórios elaborados a fim de serem armazenados para futuro uso, afinal as conclusões de determinada investigação podem ser postas a prova.

Esses objetivos são vitais para a real efetividade de uma investigação de incidentes de trabalho, afinal, o seu objetivo é sanar completamente aquele problema. Isso também ressalta a importância da comunicação dentro do ambiente corporativo, afinal, todos esses processos requerem a interação entre diversos indivíduos e também de diversos setores.

OS PASSOS PARA A INVESTIGAÇÃO

Agora que os objetivos da investigação de incidentes de trabalho já estão bem definidos, podemos prosseguir para o passo a passo da realização desse procedimento. Ressaltamos que não é nada “do outro mundo”, contudo, alguns alinhamentos são necessários para que tudo funcione bem, assegurando os resultados.

Ações corretivas imediatas:

Ocorreu um acidente? O primeiro passo é prestar socorro à vítima, seja um dedo cortado ou uma queda de grandes alturas. Contudo, é importante ressaltar que para gerar um relatório de incidente de trabalho não é necessário que ele aconteça de fato, mas a situação do “quase aconteceu” é mais que suficiente para tomar essa atitude.

Reportar o caso:

Já informamos acima a importância de reportar os casos de risco, não importando a sua periculosidade e também quais os requisitos para que essa cultura se instale com efetividade dentro da empresa.

Investigar:

Após reportado, é necessário construir um grupo de investigação, planejar como essa proposta acontecerá e coletar dados visando determinar os fatores ligados aquele risco de acidente. Inclusive, quando necessário, rever medidas de segurança já implementadas a fim de verificar a sua real efetividade.

Os dados obtidos nessa pesquisa devem ser tratados de forma padronizada a fim de obter resultados objetivos e coerentes com a realidade daquele ambiente de trabalho, gerando assim um relatório contendo todas as análises e conclusões a respeito da investigação.

Implementação de ações corretivas:

Uma vez que as todos os fatores foram devidamente identificados e as conclusões a respeito dos mesmos foram definidas, ações corretivas devem ser implementadas através de diretrizes internas ou outra forma de documentá-las.

Informar os colaboradores

Não adianta realizar tudo o que foi descrito acima se os indivíduos que estão correndo o risco de acidente não foram devidamente informados a respeito das novas diretrizes de segurança. Isso quer dizer que políticas de incentivo à cultura de segurança no trabalho assim como treinamentos e conversas regulares são importantes. Esses são os espaços mais oportunos para conseguir conversar com o colaborador e também para ouvir um feedback rápido sobre a informação emitida.

Abraços e até a próxima!

Matéria coletada do site https://casadoepi.com.br/

Até o próximo artigo!

Att, 

Otávio Alcântara

Engenharia de projetos – Especialista em trabalho em altura

M-horz - Cópia2

otavio@monteeuse.com.br  | Skype: Otavio_410

(47) 3438-8852 / 3454-8240 / 9.9671-4206 | (81) 9.9723-4939

www.monteeuse.com.br | LinkedIn | YouTube | Facebook | Instagram